Festival de Arte e Cultura do CEFET-MG | Coordenação Geral de Atividades Culturais
CEFET-MG

Festival de Arte e Cultura do CEFET-MG

Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

A proposta do Festival de Arte e Cultura do CEFET-MG, como um dos instrumentos da Política de Arte e Cultura da Instituição, é apresentar, a cada dois anos, uma síntese da produção artístico-cultural tanto interna quanto externamente, realizada e/ou promovida nos campi de sete cidades do interior de Minas Gerais – Araxá, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Nepomuceno, Timóteo e Varginha –, onde o CEFET-MG se faz presente, além de Belo Horizonte (Campus I, II e VI) e Contagem. Nessa direção, o que se pretende com o evento é fomentar e divulgar manifestações culturais e artísticas diversas, produzidas no âmbito da instituição ou fora dela.

Idealizado pelos Professores Camilo Rogério Lara Guimarães e Rogério Barbosa, em 2006, e teve como proposta a confluência da produção artístico-cultural interna da instituição com outras manifestações produzidas em Minas Gerais. O o evento passou a ter caráter bianual a partir da sua sétima edição, em 2016.

O VII Festival de Arte e Cultura do CEFET-MG | Samba e sertão, marcou os 10 anos do evento e levou em conta os 100 anos do Samba no Brasil, e o sertão mineiro, particularmente o sertão de Sagarana e de Grande Sertão Veredas, obras de Guimarães Rosa que comemoravam então 70 e 60 anos de publicação, respectivamente. Foi a primeira edição do evento a envolver, efetivamente e de forma descentralizada, todos os campi da Instituição, na trilha dos conteúdos de arte e cultura produzidos nas áreas da música, das artes visuais, do teatro e da dança, da literatura e da arte digital.

A promoção do diálogo tão necessário para a construção da criatividade e para a formação de público sensível e sintonizado com a importância da arte e da cultura nos processos educacionais, de forma geral, e na formação dos sujeitos envolvidos nesses processos, sejam eles alunos, professores, servidores, família e/ou comunidade externa em geral, foi o fio condutor dessa sétima edição.

Uma breve retrospectiva do Festival pode ser encontrada em Fazendo arte, promovendo cultura!, publicado no volume 1, número 1, da Revista Extensão & Comunidade.